Entrega De Tropa

Entrega De Tropa
(Eduardo Soares, Joca Martins)

O “Alceu Moreira” já entregou a tropa
E se foi na estância com a cavalhada
Dos potros de doma só um vem sovado
O caminho era brabo, para as galopeadas

A zaina bolida que tirou pra estrada
“Chegô” bastereada do negro “sotel”
Pescoço estendido de pedra e caminho
Do toso ao machinho, “pêlo” do sovéo

Entrega de tropa, coisa mais gaúcha
Contando a boiada na frente da estância
Veio até o “mulato” pra fazer fiador
Contra o corredor que guarda minhas ânsias

Cruzou dois consumos, junto com os cavalos
Até vi o gargalo da “barriga mol”
É sobra de tropa no bocó do “Juca”
Na tarde que se alarga com braças de sol

Veio colorindo, talvez por regalo
Uma flor do campo preza à cabeçada
Já meio judiada dessa mormaçeira
E dos escarçeios da buena gateada

Festivais

CD/LP