Pampeano

Pampeano
(Adair de Freitas)

Pampeano monta o flete da esperança
Pra recorrer os campos do porvir
Esquece das espadas e das lanças
Que a luz de um novo mundo vai surgir.

Os marcos e alambrados não dividem
O amor por essa terra nos hermana
Serão um grande exemplo para o mundo
Os filhos da mãe pátria americana.
Nas asas do condor quero voar
Nos rumos do minuano quero ir
Levando um canto novo pra cantar
Buscando um novo canto para ouvir
E nessa vastidão de campo e céu
Tornar reais meus sonhos de guri
Ao ver a pampa unida ser feliz
Na América do Sul onde nasci.

Nos olhos do pampeano a mesma luz
Nas mãos a mesma lida, a mesma fé
Os sonhos são iguais, igual o campo
Na terra o mesmo rumo pra seus pés

Nos campos e cidades a mesma luta
Buscando um amanhã com igualdade
Ainda viveremos para ver
Desabrochar a flor fraternidade.

Nas asas do condor quero voar
Nos rumos do minuano quero ir
Levando um canto novo pra cantar
Buscando um novo canto para ouvir
E nessa vastidão de campo e céu
Tornar reais meus sonhos de guri
Ao ver a pampa unida ser feliz
Na América do Sul onde nasci
Na América do Sul onde nasci.


  • Gracias Luis

Festivais

CD/LP