COMO SE FOSSE CAMPO

Título
COMO SE FOSSE CAMPO
Compositores
LETRA
LOURDES HELENA MATOS
MÚSICA
CARLOS RODRIGUES
Intérprete
CARLOS RODRIGUES
Ritmo
CHAMAMÉ
CD/LP
2º BICUÍRA DA CANÇÃO NATIVA
Festival
2º BICUÍRA DA CANÇÃO NATIVA
Declamador

Amadrinhador

Premiações
MÚSICA MAIS POPULAR

COMO SE FOSSE CAMPO
(Lourdes Helena Matos, Carlos Rodrigues)

Sou parte do sul, raiz nesta terra
E a prosa de tarde no galpão sagrado
A doma do potro que rasga a coxilha
Eu sou o manancial pra sede do gado

A prenda que espera pelo seu peão
O cerne da aurora luzindo horizonte
A sombra da tarde na velha figueira
A tropa silente que vem em reponte

No cheiro do mate, na paz desse pampa
E no quero-quero que cuida a cancela
Minha alma existe como se fosse campo
Semente brotada pra ser sentinela

O coração farrapo que bate em meu peito
Que nos traz de volta um tempo de glória
Que faz desse homem razão de seu rumo
E assim escrevendo a nossa história

Amar essa terra e dela ser parte
E eternizar deixando sua casta
E como me disse um dia o poeta
Eu sou um gaúcho e isso me basta



Festivais

CD/LP