Léguas De Ausência

Léguas De Ausência
(Helena Fontana, José Alves Camargo)

Tive a imensidão dos campos
E a liberdade dos livres
O espelho das águas claras
E um céu azul, também tive

Amiga, a mãe Natureza
Me ofereceu seus brinquedos
O dia sempre uma festa
A noite sonhos sem medo

Upa-upa cavalinho
Corcoveando no capim
E o rebenque de alecrim
Assoviando no ar
Assim aprendi a montar
Meu cavalo de madeira
Enfrenei, corri carreiras
Num tempo só de brincar

Hoje a chuva molha as ruas
Empoeiradas da cidade
Trazendo um cheiro de infância
Carregado de saudade

São formas, cores, sabores
Que lembro tão bem ainda
A estância da minha infância
Seu mato, rio e cacimbas

Qualquer dia tomo a estrada
E rumo para a querência
Enrodilhando a saudade
De muitas léguas de ausência

Vou rever a casa grande
O jardim o arvoredo
Sentir o cheiro do pasto
Beber apojo bem cedo

Upa-upa cavalinho... 



LÉGUAS DE AUSÊNCIA - Miguel Marques e Garotos de Ouro Letra Helena Fontana Música José A. Camargo by Helena Fontana 1

Festivais

CD/LP