Don Alejo E Seus Mijados

Don Alejo E Seus Mijados
(Rafael Ovídio da Costa Gomes)

Um fiambrezito na mala
Uma cabeça de oveia!
Fumo bueno de Artigas
Que inté as vista tonteia!

Diz que tem teia de aranha
Que estanca o taio na veia
E um punhadito de barro
Que é pra picada de abeia.

Tem um preparo de yuyo
Que é coisa de benzedeira
Que inté o fungo dos brabo
Logo do couro se apeia...

Tem uma oreia de lebre
Assinalada com chumbo
E um poemita criollo
Pra recitar lá no Funcho!

Lá se vai, lá se vai...
Um cusquito no costado,
Ao tranquito pela estrada
Don Alejo e seus mijados!

"Tem rapadura das dulce
Que inté as chapa careia
E uma gurupa de alpagarta
pra potro que se aporreia..."

"Tem um baraio de truco
Que é pra pentiá os calavera
E uma tava pro jogo
Nos domingos de carreira..."

Yerba fuerte de Libres
Comprada no La Frontera,
Uma trança de china
E um santito de madeira

Tem um sombrero de aba larga
Que tapa o sol na moleira
E uma adaga de prata
Pra manusear nas peleia!

Festivais

CD/LP