Coração Gaúcho

Coração Gaúcho
(Dionísio Costa)

Um mês inteiro de luta, nesta lida aqui de fora
Acho que já tá na hora, de sair do cafundó
Hoje me aparto dos bichos, de laço, mango e maneia
Porque a vida é uma peleia, lidando e mateando só
Enquanto o sol vai entrando e na garupa leva o dia
Uma estampa de alegria, do meu xucrísmo se adona
Pego o rumo de um fandango, pra enfrenar a noite inteira
Uma tropa de vanera, que se escapou da cordeona

O meu coração gaúcho, tá batendo com saudade
Da velha hospitalidade, da nossa gente campeira
Por isso minh'alma xúcra, campeia gaita em galpão
Pra cadenciá o coração, num corcoveo de vanera

Sou taura que ganha a vida lidando co'a matungada
Não me sobra quase nada de tempo pra fazer graça
Por isso de vez em quando, me sumo campeando dança
Pra me apartar na festança, da solidão que me abraça
A china que é dançadeira, vai ver que aínda tô vivo
Tudo que é incomodativo, ficou pra segunda feira
Hoje eu nem quero notícia, da lida que me judia
Tô por conta da alegria, de gaita, china e vanera

Festivais

CD/LP