A LINGUAGEM DA MILONGA

Título
A LINGUAGEM DA MILONGA
Compositores
LETRA
MARCELO D’ÁVILA
MÚSICA
ROBSON GARCIA
Intérprete
DANIEL CAVALHEIRO
Ritmo
MILONGA
CD/LP
5º MOINHO DA CANÇÃO GAÚCHA
Festival
5º MOINHO DA CANÇÃO GAÚCHA
Declamador

Amadrinhador

Premiações


A LINGUAGEM DA MILONGA
(Marcelo D’Ávila, Robson Garcia)

Esses versos que eu componho
Tendo o pinho no costado
São como nesgas de sonho
Pra se sonhar acordado.

Versejo como quem planta,
Obedecendo a lição:
O trigo nasce semente
Pra só depois virar pão.

Eu canto o que o campo cala
Em seu mutismo de sombra
Há sóis na voz de quem fala
A linguagem da milonga.

Zeloso, fiz uma trança
Com as cordas do violão
E a milonga veio mansa
Lamber sal na minha mão.

Vou milongueando minhas penas
No mate do fim de tarde;
Das coisas tristes que trago
Todas elas são saudade.


Festivais

CD/LP