SEMENTE DE LUA

Título
SEMENTE DE LUA
Compositores
LETRA
LISANDRO AMARAL
MÚSICA
LISANDRO AMARAL
Intérprete
LISANDRO AMARAL
Ritmo

CD/LP
3ª ALDEIA DA MÚSICA DO MERCOSUL
Festival
3ª ALDEIA DA MÚSICA DO MERCOSUL
Declamador

Amadrinhador

Premiações
1º LUGAR
MELHOR ARRANJO
MELHOR LETRA
MELHOR INTÉRPRETE: LISANDRO AMARAL

SEMENTE DE LUA
(Lisandro Amaral)

De uma semente de lua
Nasce o cantar de um tropeiro
Que acende olhos noturnos
para enxergar alma adentro

No céu escrito entre amores
Na poesia dos ventos
E em toda vida na estrada
Com seus presságios de tempo

Apeio e componho as garras
Olhando a tropa que sente
Porque meu canto de ronda
Tem um mistério inconsciente

Que aperto junto da cincha
Olhar de lua em semente
E vejo que o campo é Deus
Rondando a alma da gente

Canto semente de lua
Pedindo luz pra viver
Sorriso livre entre a noite
Que espera o sol pra morrer

Canto de paz maternal
No olhar da lua redonda
Bebendo alma e sereno
Benzendo aquele que ronda

"Talvez o próprio silêncio respire junto ao meu mouro
Que adormeceu sobre as garras, suas virtudes de touro
Talvez entenda, sonhando, porque é semente de lua
Que bebe a voz do sereno, germina um canto charrua
Depois se funde ao orvalho e sobre a tropa flutua
Escute a voz escondida que mora além da paisagem
Perceba além desta imagem que te oferece o silêncio
Onde respiro o que penso à noite, a noite q que passeia nua
E sobre o campo flutua na poesia dos ventos
Pra germinar alma adentro uma semente de lua".


Festivais

CD/LP