ROMANCE DE FRONTEIRA

Título
ROMANCE DE FRONTEIRA
Compositores
LETRA
CARLOS OMAR VILLELA GOMES
MÚSICA
RICARDO MARTINS
PIRISCA GRECCO
Intérprete
PIRISCA GRECCO
Ritmo
CHAMAMÉ
CD/LP
19º MUSICANTO
Festival
19º MUSICANTO
Declamador

Amadrinhador

Premiações


ROMANCE DE FRONTEIRA
(Carlos Omar Villela Gomes, Ricardo Martins, Pirisca Grecco)

Tô desconfiado que este sol é correntino
Cruzou o rio num tranquito bem marcado
Foi se achegando despacito na ribeira
E quando vi, tava dormindo do outro lado

Fiquei mirando a fundura do seu sono
Até dormindo, resmungava o pobre Sol
Dizia coisas de um amor quase perdido
E percebi que murmurava em portuñol

Mire el lume destes sueños, mire el don de mis palabras
Las ventanas de mis ojos son somente tus escravas
Mira flor madrugadeira, mis auroras que son tuas
Ergue um brinde a las estrellas, mi pasión, amada Luna

Talvez o Sol amasse a lua pelo rio
E a lua moça, da fronteira foi embora
O Sol ribeiro de "allá" revira o mundo
E busca a Lua, vida adentro, céu afora

Mas esta sina que separa Sol e Lua
Talvez um dia se confunda no Arrebol
E a Lua moça com um beijo iluminado

Espante a mágoa de quem "habla" em portuñol.

Festivais

CD/LP