PATAQUERO

Título
PATAQUERO
Compositores
LETRA
TELMO DE LIMA FREITAS
MÚSICA
TELMO DE LIMA FREITAS
Intérprete
TELMO DE LIMA FREITAS
Ritmo

CD/LP
7ª RECULUTA DA CANÇÃO CRIOULA
Festival
7ª RECULUTA DA CANÇÃO CRIOULA
Declamador

Amadrinhador

Premiações


PATAQUERO
(Telmo de lima Freitas)

Tive notícia que no Rancho do Polaco
Tem um matungo veiaco, de arrastar a cara no chão
Sou negro Mário que se agarra nos arreios
E se rodar eu meu boleio, já de cabresto na mão

Eu fui criado na Estância do Arvoredo
E pra domar tenho segredo que eu herdei do meu avô
Quebro do queixo pra depois domar debaixo
E quando encilho, quebro o cacho, pra saberem quem eu sou

Quando eu nasci quiseram me botar fora
Mas o tinido da espora que me fez ressuscitar
Com três mangaços e um grito no pé do ouvido
Eu acordei sem um gemido, nem vontade de chorar

Por isso eu vivo taureando com a judiaria
Mas nem bem clareia o dia, já sei a lida de cor
Faço do potro um amigo dos arreios
E se arrebentar pelo meio, saio na parte maior.


Festivais

CD/LP