CORDEONA-ME

Título
CORDEONA-ME
Compositores
LETRA
GUJO TEIXEIRA
MÚSICA
LUCIANO MAIA
Intérprete
LUCIANO MAIA
Ritmo
CHAMAMÉ
CD/LP
18ª ESTÂNCIA DA CANÇÃO GAÚCHA
Festival
18ª ESTÂNCIA DA CANÇÃO GAÚCHA
Declamador

Amadrinhador

Premiações
2º LUGAR

CORDEONA-ME
(Gujo Teixeira, Luciano Maia)

Dentro da minha cordeona há um universo sonoro
Que pulsa no mesmo sopro, contido em cada suspiro...
De tanto que fui palavra tentando ser sentimento
Eu percebi que a cordeona vive do ar que eu respiro!

Cordeona-me
E me condena ao teu segredo, assim, fechada
Na palavra musical que tens guardada
Pelo fóle nas entranhas

No vento melodioso da campanha
Que te sustenta e te mantém ainda viva

Cordeona-me
E me explica este adeus que tens nos braços
No gesto de entregar-me em teus abraços
Entre nós, longe de mim

Que eu sei que vou seguir pra sempre assim
Buscando este silêncio onde te achei

Cordeona-me
E me encanta com teus ventos escondidos
Te busco então em todos estes meus sentidos
Pelas mãos, pelo meu ser, por tudo que aprendi

Por te querer
Hoje te sinto e te espero, sempre aqui

Cordeona-me
Por que respiras este ar que me dá vida
O mesmo ar que achou notas esquecidas
Pela alma do meu verso

Tentando agradecer ao universo
Com este pronome musical que eu fiz pra ti.

Festivais

CD/LP