Comunicado

Comunicado
(Francisco Alves, Sílvio Aymone Genro)

Atenção, no interior
Nico Changueiro, onde se encontrar
Peço que venhas ou mande dinheiro
Quem ouvir esse, favor avisa

É a livreta do armazém, é o remédio prá comprar
É um piá que não passa bem, é outro que vai chegar
É o dono do terreno, que ameaça outra vez
É mais um fim de mês, são as contas prá pagar
É a vida a lhe cobrar, sempre mais suor e vintém
E o mundo a lhe negar as poucas chances que tem, que tem

No aviso do rádio, a verdade crua,
Na cidade fria, a saudade tua
Na visão amarga, do filho da rua
A ilusão se apaga e a vida continua
A ilusão se apaga e a vida continua

Atenção, no interior
Nico Changueiro, onde se encontrar
Peço que venhas ou mande dinheiro
Quem ouvir esse, favor avisar

É a livreta do armazém, é o remédio prá comprar
É um piá que não passa bem, é outro que vai chegar
É o dono do terreno, que ameaça outra vez
É mais um fim de mês, são as contas prá pagar
É a vida a lhe cobrar, sempre mais suor e vintém
E o mundo a lhe negar as poucas chances que tem, que tem

No aviso do rádio, a verdade crua
Na cidade fria, a saudade tua
Na visão amarga, do filho da rua
A ilusão se apaga e a vida continua
A ilusão se apaga e a vida continua

Na eterna esperança, de melhores dias
Beijos das crianças, abraços... Maria


Intérprete: Oristela Alves

Festivais

CD/LP