Sinal Certo

Sinal Certo
(Edilberto Teixeira, Matheus Leal, Carlos Leal)

Maçarico voa em bando
Nuvens d’água repontando,
Quero-quero avisa seca
Na lagoa se ajuntando.

Se a seriema águas a baixo
Sai correndo, vai chover.
Se, ao contrário, águas acima
Grande seca vai se ver.

João-de-barro bate palmas
Com a barreira pra cantar.
Êta, bicho mentiroso,
Quer bom dia anunciar!

Quando o burro se bolqueia,
Frente às casas, vai chover.
Saracura, quando canta,
Mesma coisa quer dizer.

Se o cavalo está suando
Sem se ter desaguachado,
“Vai chover de canivete”
Lá pras bandas do cercado.


Festivais

CD/LP