Remendando Sonhos


Remendando Sonhos
(Dilamar Costenaro, Xuxu Nunes)

No fio de sua tesoura,
Corta o mal pela raiz,
Nos moldes de tua história,
Faz prosperar um país,
Traça o destino de um povo,
No teu riscado de giz,
Como mãe dá o exemplo,
Pra quem ainda é aprendiz,
Traz alegria nas cores,
Pro mundo ser mais feliz.

No pedal leva os sonhos,
Das linhas faz melodias,
Costura trapos de tempo,
Pra remendar os meus dias.

Alinhavando as promessas,
Caseando estradas a fio,
No ponto à ponto os segredos,
Que sob medida ouviu,
Faz o peão fica entonado,
E a prenda ter mais brio,
O calor do teu abraço,
Me aquece em dias de frio,
Só quer reconhecimento,
Do mundo que ela vestiu.

Festivais

CD/LP