Que Saudade Que Dá

Que Saudade Que Dá
(Jader Leal, Mateus Mampert)

Ah, que saudade que dá,
De lá da fronteira, que saudade que dá
Livramento e Rivera, fronteira da paz,
Que saudade que dá!

Ah, que saudade que dá,
De uma potra matreira, esperando cerrar
A armada do laço, pra ver o manotaço,
De trás das orelhas.

Ah, que saudade que dá,
De uma tosa de ovelha, uma penca parelha
Me oitavar num galpão, remendando um redião
Deixar que o dia se estenda...

Ah, que saudade que dá,
Da prosa galponeira, um radinho na AM tocando vaneira,
De um mate cevado à moda lá da fronteira.

Ah, que saudade que dá,
De lá da fronteira, que saudade que dá
Livramento e Rivera, fronteira da paz,
Que saudade que dá!

Ah, que saudade que dá,
De um rodeio parado, ovelheiro do lado,
Pra saltar botando
Quando um sapucay passar o recado.

Ah, que saudade que dá,
Do gado retovando, um aparte de campo
E a minha zaina alçada, escarceando na aguada,
Voltar “prás casa” ao tranco.

Ah, que saudade que dá,
Do cheiro da minha terra, um murmúrio de mato
Quando um touro berra
Das coisas do pago... Lá do Passo das Pedras!!!!

3 comentários:

  1. queria essa música, mas não acho em lugar nenhum, como faço download?

    ResponderExcluir
  2. baixa ATUBE CATCHER que tu baixa qualquer musica do you tube em qualquer formato... eu tenho ela...

    ResponderExcluir

Tá na rede!!!

Curta-nos no Facebook