Estrelas Castanhas

Estrelas Castanhas
(Pirisca Grecco, Silvio Genro)

Sei como se trança um laço,
E sei temperar o aço pra uma faca de respeito...
Sei como se faz um mate,
E também dar o arremate num nó de lenço bem feito.
Sei a linguagem da lua
E cada mensagem sua, lendo o livro do luar...
- Só não sei prever as manhas
Do par de estrelas castanhas que trazes no teu olhar!

Sei onde meto o cavalo,
E quando arrisco um pealo tenho confiança no braço!
Sei de nuvens e de ventos,
E sei o melhor momento para cada coisa que eu faço.
Sei a lida da campanha,
E quando um potro se assanha, eu sei como lhe amansar...
- Só não sei domar as manhas
Do par de estrelas castanhas que trazes no teu olhar!

Sei bem mais do que ninguém
As baldas que a tropa tem e também os seus caprichos.
Sei do boi pelo mugido,
Pois afinei meus sentidos ouvindo o berro dos bichos.
Sei de reza e cruz de sal
Pra se amansar temporal e a tempestade passar...
- Só não sei benzer as manhas
Do par de estrelas castanhas que trazes no teu olhar!

Sei de cor o meu caminho
E aprendi a andar sozinho como quem sabe o que faz...
Sei enganar a saudade
Pra nunca sentir vontade, nem ganas de olhar pra trás.
Sei escapar de emboscadas,
E nem mesmo alma penada consegue me amedrontar...
- Só não sei fugir das manhas
Do par de estrelas castanhas que trazes no teu olhar!

Intérprete: Pirisca Grecco


Festivais

CD/LP