De Plano Feito

De Plano Feito
(Gujo Teixeira, Luiz Marenco)

Ando assim
De plano feito...
Rumando ventos,
No meu chapéu
Tocando a estrada,
Sempre por diante
Sei que o distante,
É pra lá do céu.

Sou do campo
De alma estradeira
Sonhos contados
Bem na saída.
Pra não cansar
Tranco e paciência
Porque a querência
É pra toda vida.

Vou por conta
Sou destes pagos
E tenho os rastros
Na minha mão.
Um dia volto
Se Deus quiser
- mas se não der -
Vou ser rincão.

E assim pra sempre
Eu vou ficar
Pelos galpões
Entre a gauchada.
Pra cada um
Fica meu canto
Um rumo e tanto
Na mesma estrada.

Pois hoje sigo
Campeando a volta
E um ideal
Que sonhei pra mim.
Cavalo bueno
Porque a vida
É tropa estendida
Pro mesmo fim...

Mais quem conhece
E sabe o jeito
De plano feito
Vai mais além...
Não desencilha
Em qualquer ramada
E escolhe a estrada
Que lhe convém...

Festivais

CD/LP