Quatro Cantos Do Planeta


Quatro Cantos Do Planeta
(Rodrigo Bauer, Ângelo Franco)
                       
São quatro irmãos, quatro tentos
De um laço sovado e forte!
Talvez os quatro elementos
Unidos no mesmo porte...
Ou mesmo a rosa-dos-ventos:
Leste, oeste, sul e norte...

...um trevo de quatro folhas
Prenunciando a própria sorte!

A sorte tem quatro faces,
Cada qual com seus atalhos!
Simbolizadas nos naipes
Pra quem conhece o baralho!
Na anca do pingo bate,
Mas volta sem atrapalho...

...a sorte anda num flete
Cola atada a quatro galhos!

São quatro vozes ouvidas
Nas estâncias, nos quintais...
Pelas várzeas estendidas,
Nas coxilhas, capitais...
Vão às vilas escondidas,
Voltam das perimetrais...

...quatro cantos do planeta
Com sotaques regionais!

Quatro pétalas contadas
Que formam um bem-me-quer...
No vento são espalhadas
Por onde o vento quiser!
Mas voltam na mesma estrada,
Cada um quando puder...

...são quatro irmãos, quatro tentos...
Três homens e uma mulher!

Festivais

CD/LP