No Fio Da Milonga

No Fio Da Milonga
(Érlon Péricles)

Quero ver sumir a desilusão que trago no peito
Quando esta milonga ferir bem fundo o meu coração
Quando ela me corta sangra a tristeza daqui de dentro
Que vai se esvaindo por entre as cordas do meu violão

Seu talho é profundo e vem procurando matar a mágoa
Que há muito tempo fez dos meus olhos a sua casa
Vem neste entreveiro terceando ferro de rima afiada
Uma briga feia batendo adaga co´a solidão

Afio a faca no verso na pedra da inspiração
Sinto que o fio da milonga foi chairado na emoção
Arrabalera se achega me causando um arrepio
Vem me cortando de acordes pra sangrar em seu fio

Festivais

CD/LP