Tropeiro Do Futuro

Tropeiro Do Futuro
(Armando Vasquez, Adão Quintana Vieira)

Piazito, olhes bem estas campanhas
Desta Querência, onde tocas boi por diante;
Tu que vais ser o amanhã rumo ao futuro,
Tens que saber o que te espera pela frente.

Põe tenência no que te digo, piá:
Cuida esta Pampa que o amanhã espera por ti;
Lembra que um dia eu deixarei de ser moço;
E tu também, vais deixar de ser guri.

Não te impressiones com discursos e bravatas,
Desses que zumbem como fazem as abelhas:
Vai ver os sorros misturados aos rebanhos,
Pelos caminhos, a berrar junto às ovelhas.

Quando tu fores o Tropeiro do Futuro
E pelas trilhas encontrar dificuldades,
Recorda sempre o que a querência te ensinou
E saberás te conduzir à liberdade.

Quando encontrares, nos atalhos desta Pampa,
Tropas vendidas, seduzidas por vinténs,
Lembra guri: nem que o mundo venha abaixo,
Jamais entregues a Querência pra ninguém.

As piores ervas são aquelas que não vemos,
Ervas daninhas que a qualquer tempo resistem;
Mesmo sem vê-las, toma cuidado guri,
São como o vento que não vês, mas ele existe.

Quando tu fores o Tropeiro do Futuro
E pelas trilhas encontrar dificuldades,
Recorda sempre o que a querência te ensinou
E saberás te conduzir à liberdade.


 
Tropeiro do Futuro - João Quintana Vieira e Grupo Parceria by Guascaletras

Festivais

CD/LP