Pelegueando Vanera

Pelegueando Vanera
(Telmo De Lima Freitas, José Antonio Hahn)

Quando na campanha,
A gente pega uma cordeona,
Faz a noite temporona
Amadurecer no pé.

Nesta contradança
A gente passa a noite inteira,
Pelegueando uma vanera
Sob um céu de santa fé.

Ninguém lembra que a noite
Há muito já se cambiou,
Pialando a última estrela
Que por descuido ficou.

Ao tranco lerdo das horas
Eu saio cantando a esmo
E o compasso da vanera
Vai falando pra mim mesmo.

Festivais

CD/LP