Rio Grande Nativo

Rio Grande Nativo
(Paulo José Dorneles Pires)

É grande a confiança
Na raça Gaúcha
A história da pátria
É a gente que faz
Não tenho ambições
Nem querência na lua
Prefiro no campo
O amor e a paz.

Na coxilha mais alta
Onde o sol aparece
É pousada de sonho
Ternura e canção!
Eu busco motivos
Pro povo cantar
No tema nativo
Que brota do chão.

Lairarará – lairarará – ra-ra,

Eu sinto alegria
Na infância que canta
Não há preconceito,
Vaidade nem luxo!
Não vejo fronteira
No canto que faço
No “sul da América”
Existe o “Gaúcho”

Piazada feliz
A rumo da escola
Lavouras crescidas
O gado aumentando!
Enquanto existir
O “Rio Grande do Sul”
O mundo ouvirá
Um “Gaúcho cantando”.

Laiarará – laiarará – ra-ra,

Desperta “Gaúcho”
Que o dia vem vindo
A noite é bonita
E o céu é azul
O amor é o pingo
Mais lindo que tenho
Nascido e criado
Nos campos do “Sul”

Festivais

CD/LP