Rancheira do Tio Bilia

Rancheira do Tio Bilia
(Cenair Maicá)

Nesta rancheira campeira, compasso repiqueteado
Com a morena faceira dança um gaúcho largado
E nesse embalo animado a noite fica pequena
No sarandear delicado do corpo desta morena

Marca pra lá, vem pra cá marcando sempre certinho
Marca pra lá, vem pra cá marcando sempre certinho
Faz uma volta completa e agora é o puladinho

Assim é um baile de rancho no chão batido da sala
Na fraca luz do candieiro esta rancheira é que embala
E neste embalo animado a noite fica pequena
Dançando sempre agarrado no corpo desta morena

Marca pra lá, vem pra cá marcando sempre certinho
Marca pra lá, vem pra cá marcando sempre certinho
Faz uma volta completa e agora é o puladinho

É neste baile gaúcho que a gaita do Tio Bilia
Roncava a boca da noite e chorava ao clarear do dia
E neste embalo gostoso a noite ficou pequena
Pelo olhar carinhoso e o calor da morena

Marca pra lá, vem pra cá marcando sempre certinho
Marca pra lá, vem pra cá marcando sempre certinho
Faz uma volta completa e agora é o puladinho


Enviada por Luis

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Tá na rede!!!

Curta-nos no Facebook